Resenha: Sentindo a Vida (★★★★)

Olá, pessoal! Tudo bem?? Mês passado eu liberei um vídeo com alguns dos livros que chegaram aqui em casa e, hoje, teremos a resenha de um deles ♥

Você também pode acompanhar a resenha escrita através do áudio, mesmo em segundo plano:




Título: Sentindo a Vida
Autor: Guto Cariello
Editora: Chiado
Páginas: 218
Classificação: 
(★★★★)

Guto Cariello traz em suas crônicas os sentimentos que afloram durante a vida. Ele passa pela gratidão, pelo perdão, pelo significado da vida e, constantemente, aborda o amor. Mergulhamos em diversos questionamentos que geralmente aparecem involuntariamente no nosso dia-a-dia. 

Viver tem sido uma tarefa cada dia mais complexa. Todos os acontecimentos têm se concretizado com uma rapidez inacreditável. (...) mas nossas mentes estão preparadas para toda essa rapidez? E nossas emoções?


Todas as crônicas têm um fundo positivista e um tom de autoajuda - no estilo "podemos melhorar". Elas nos proporcionam reflexões que vez ou outra iniciamos no decorrer da vida, mas que raramente chegamos a um parecer final. Elas são muito bem elaboradas e aparecem pontos realmente muito pertinentes. Encontramos diversos princípios, reflexões, conselhos e conclusões de planos de fundo dos textos. 

O cotidiano e seus acontecimentos nos mostram que é impossível seguir caminhando se não houver estabilidade dentro da própria alma.


Com certeza é uma leitura que tem muito a agregar. Ela nos deixa mais sensíveis ao viver, mais gratos, com um senso crítico maior e, até, renova as nossas esperanças sobre o mundo #vaiBrasil.

É um livro leve, fluído, mas que vez ou outra acaba ficando meio repetitivo pela constância de temas, apesar de serem abordados de formas diferentes. É um livro que todos deveriam ler em algum momento da vida, ele proporciona uma valorização maior das coisas. 


Somente a lapidação interior é capaz de nos transformar em seres saudáveis e saciados.

E para viver um sentimento é preciso mais do que ter apenas um coração ou uma alma sensível, pulsante e emotiva. Antes de tudo, é necessário também ser disciplinado em relação às próprias sensações. Isso garante uma lógica e uma organizada explicação sobre o que está sendo sentido e por que isso está ocorrendo.





Viver é aprender, melhorar, redescobrir-se, progredir. É entender cada vez mais o funcionamento da nossa essência imperfeita, saber identificar nossas falhas e malezas.

E é uma boa leitura para ser realizada de forma mais tranquila: uma crônica por dia ou menos, até mesmo. O que realmente importa nesse livro são as reflexões que ele proporciona. Então, um tempo de digestão do conteúdo lido e outro de maturação da ideia é fundamental!

O título realmente sintetiza totalmente o propósito da obra: nós lemos as crônicas "sentindo a vida". Com, é claro, princípios, sentimentalismo e esperança ♥



Espero que tenham gostado e até o próximo post :)
XOXO

Me acompanhe: Instagram ♥ Facebook ♥ Canal ♥ Snap: Nati_chanoski

2 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda e confesso que não costumo ler muitas crônicas, mas eu gosto do gênero e achei os temas abordados nesse livro muito interessantes. Além disso, eu gosto de livros positivistas e pela sua resenha parece ter sido tudo muito bem elaborado mesmo. Enfim, gostei bastante da sua dica de leitura, vou marcar aqui e espero ler algum dia.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Achei o titulo do livro interessante e lendo a sua resenha conclui que o leria numa boa,me identifiquei com essa escrita!❤

    ResponderExcluir